Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2

A Xiaomi é uma empresa chinesa com um mercado significante no lado oriental do globo, principalmente na Índia. E agora parece ter visto potencial no mercado consumidor brasileiro e está trazendo para cá um novo smartphone e também uma pulseira inteligente.

Os novos produtos foram anunciados num evento realizado essa semana. Uma coisa interessante e que talvez tenha sido a ponta do iceberg para essa chegada ao mercado brasileiro, é o fato do vice-presidente da Xiaomi ser um brasileiro.


Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2
Fonte: tecmundo.com.br



Xiaomi Redmi 2

O gadget passa a ser mais um integrante da categoria dos aparelhos intermediários do mercado, uma concorrência para empresas como Motorola, Samsung e Asus que buscam espaço nessa categoria também.

Design e Tela
Sem mais delongas, o design do aparelho é o mínimo que se espera de um smartphone atualmente. Parece que a aposta da empresa é mesmo nas opções de cores, que nesse caso, são bem variadas. O aparelho deve ser vendido nas cores branca, preta, rosa, amarela e azul.

O material escolhido para encorpar o smartphone foi o policarbonato, material que ficou conhecido através da linha Lumia, contando com uma textura de qualidade além de não deixar marcar de dedos após o uso.

A tela conta com um display IPS de 4.1" com resolução HD (1280x720 pixels), com densidade de pixels de 312ppi.


Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2
Fonte: tecmundo.com.br


Hardware
No coração do Xiami Redmi 2 encontramos um processador Snapdragon 410 quad-core com clock de 1,2Ghz e arquitetura de 64bits. Além disso temos a GPU sendo a Adreno 306 e 1Gb de memória RAM.

Armazenamento
São 8Gb de espaço para armazenamento interno, com a possibilidade de expansão através de cartão micro SD (que pode ser até de 32Gb). Vale lembrar que a Xiami também oferece o seu serviço de armazenamento na nuvem, o Mi Cloud.

Câmeras
A frontal conta com um sensor de 2MP e a traseira com um de 8MP.


Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2
Fonte: tecmundo.com.br


Bateria
A carga total é de 2.265mAh.

Sistema Operacional
O gadget chega embarcado com o Android, e por cima do sistema da Google temos a interface MIUI 6, que é como a TouchWizz da Samsung.

E aí?
Por um preço que será por volta de R$500 e contando também Dual-SIM, obviamente o Redmi 2 é uma opção para quem não gastar mas quer ter um aparelho com bons recursos e um hardware razoável, e claro, um corpo feito com material de qualidade. Como o aparelho passará a ser fabricado aqui mesmo em terras brasileiras, é bem provável que esse preço não suba como as vezes acontece com outros aparelhos.

O período de vendas só será aberto mesmo no dia 7 de julho, porém já possível fazer uma reserva no site da empresa.


Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2
Fonte: tecmundo.com.br



Seguindo a onda das concorrentes, a Xiaomi lança também uma pulseira inteligente, a Mi Band. Como era de se esperar, ela conta com recursos que auxiliam a mobilidade e praticidade do dia a dia do usuário. O material usado é o silicone hipoalergênico e a tela em liga de alumínio. Ela funciona tanto com o sistema da Google como o iOS. O preço anunciado pela empresa foi de R$95, porém quanto ao lançamento temos apenas um "Em breve" divulgado.


Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2
Fonte: tecmundo.com.br


E você, acha que a Xiami tem espaço no mercado brasileiro?
Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2 Xiaomi aposta no mercado brasiliero com o Redmi 2 Revisado por Willian Carvalho em 2015-07-01T13:04:13Z Avaliação: 5
Tecnologia do Blogger.